Posts Tagged ‘marca’

Mídia Corporal

10/09/2010

Foto: AFP/Google

O recente (re)aparecimento de Larissa Riquelme com a marca Axe estampada no peito fez surgir (novamente) a questão do aluguel do corpo como espaço publicitário. As iniciativas pelo mundo a fora parecem ter se dado principalmente a margem dos grandes anunciantes. É o caso do portal de serviços Lease your Body (Alugue seu corpo), que tem o fim de fornecer contato entre anunciantes e potenciais promotores corporais.

Vejo que o interessante aqui não é discutir os limites éticos ou morais do espaço publicitário e sim a expressão de um conteúdo que se liga a marca através do corpo. Nisto a dissertação de mestrado de Andrei Schiner, Marcado na Pele: Consumo, tatuagem e corpo. Um estudo sobre as representações do consumo através de tatuagens de marcas de produtos é elucidadora, pois o autor demonstra vários casos e motivações que envolvem a tatuagem como anuncio.

Restringindo a discussão (que parece estar apenas começando) para a questão da marca, faz com que o assunto fique muito pautado na questão da inserção de uma referência a ela ou mesmo a tatuagem da logomarca como anuncio. Acredito que a questão não precisa passar apenas por esse caminho.

Ao fazer uma tatuagem o individuo pode querer expressar algo presente em seu estilo de vida, no seu universo de valores, símbolos e atitudes. Por isso, vemos alguns exemplos interessantes de tatuagens espontâneas como é o caso da Harley-Davison, que segundo um dos entrevistados por Schiner: “A Harley-Davinson é um estilo de vida. A pessoa não está tatuando a marca está tatuando o estilo de vida”. Ou seja, é como dizer: a logomarca não é a marca e marca não é só um nome do produto. Ela vai além do produto e toca dimensões imateriais que cria vínculos entre um conteúdo expresso, o indivíduo e um coletivo.

Desta maneira, acredito que um alguém possa fazer uma tatuagem que expresse um conteúdo da marca sem necessariamente tatuar a logomarca. Pode por exemplo tatuar um símbolo associado, algo que esteja relacionado com a sua história pessoal e comungar ao mesmo tempo com o lifestyle marca.

Enxergo que estas questões dão pano para manga (já que esse é um blog também de moda estamos no lugar certo, não é?) e se encontram por possuírem novas paradigmas do consumo na atualidade.

Leia o resumo da dissertação: Marcado na Pele: Consumo, tatuagem e corpo.

Veja os slides.

Confira também – “Sentidos: armas para conectar clientes”. 

Jonas Fernandes

Pesquisa IBModa

Anúncios

BAHIA MODA DESIGN, a Bahia na Moda

31/08/2010

Terminou ontem a primeira noite do Bahia Moda Design, evento que marca a fase final do Projeto Estruturante de Moda Bahia, que foi dividido em 3 fases: Capacitação de gestores e empresários, integração entre eles, com os designer prestando consultoria nas empresas dos gestores, conduzidas pelo IBModa e finalmente a realização de um evento que posicione a Bahia no setor nacional de moda.

O alcance dos objetivos do Projeto Estruturante não apenas foi visível como foi comentado por todos os presentes ao evento, que conta com uma rodada de negócios, palestras, exposição de empresas baianas de vestuário e, claro, desfiles. Goya Lopes abriu as passarelas apresentando suas estampas mundialmente conhecidas agora na moda praia, numa parceria com Renata Cores, que se iniciou durante o Projeto Estruturante, e já se mostra extremamente bem sucedida. Em seguida, a Habitat apresentou sua coleção de moda praia, e Sélya Marcarennas a sua coleção de moda festa. Para fechar a noite, a Vivire trouxe a leveza dos cataventos dourados, remetendo às sensações prazerosas dos ventos do campo.

É visível o aprendizado que as empresas baianas de moda apresentaram após terem passado pelo Projeto Estruturante Moda Bahia, que incluiu a capacitação de gestores e designers do estado  e o processo de consultoria de planejamento de coleção, ambos liderados pelo IBModa. Esse é o primeiro Projeto Estruturante de Moda a acontecer no país, e sem dúvida alguma se declara um ótimo modelo para implantação de outros projetos, tanto na área de moda como em outras regiões do Brasil.  De acordo com Tatiana Torres, da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Inovação da Bahia, “é o primeiro projeto estruturante finalizado no Brasil, e com um sucesso muito acima do esperado”.

Claudio Silveira é o responsável pela produção do Bahia Moda Design. Em entrevista às equipes do IBModa e do Alemdamoda presentes ao evento, Cláudio destacou a capacidade de informação das marcas baianas de moda, “mais maduras para uma visibilidade nacional”. O trabalho realizado pelo IBModa na condução do Projeto Estruturante está sendo brilhantemente consagrado por Claudio, que agrega um olhar crítico e uma vasta experiência em eventos como o Dragao Fashion, um dos principais eventos de moda além do eixo Rio / São Paulo.

Confira o vídeo e prepare-se para o line up do último dia, que contará com Hipnose, Patro, Anaport, Iza & Bell e Mahalo.

André Robic

A participação das marcas na internet

27/08/2010

 

Muito inspiradora a Palestra de João Mougon e Carla Mayumi, sócios-diretores da Box 1824: A participação das marcas na internet: Tendências e Insight’s,  realizada ontem no Fórum de Branding da ABA (Associação Brasileira de Anunciantes).

 

A palestra apresentou a utilização da internet pelas marcas como ferramenta que vai além de marcar presença em uma “nova mídia”, mas também como forma de participar da rede, interagir com os grupos e indivíduos e transmitir os seus valores, conteúdos e propostas – a sua personalidade. Tema que foi bem recebido no ABA Branding, que apresentou e discutiu a utilização das técnicas e as ferramentas mais avançadas de Branding, para o qual contribuíram renomados profissionais das mais diversas especialidades.

 

A Box 1824 vem se destacando por seus empreendimentos em pesquisa e rastreamento de tendências, realizada através de metodologias heterodoxas e inovadoras. O objetivo da contribuição de João Mougon e Carla Mayumi, sócios-diretores da empresa, foi, portanto, oferecer uma abordagem que propiciasse o entendimento da marca a partir da cultura e da análise do consumidor enquanto pessoa. Para isso, eles mobilizaram diversos conceitos de múltiplas disciplinas, procurando demonstrar os principais desdobramentos dos comportamentos presentes e diferentes perspectivas para apreendê-los.

 

A atenção dos palestrantes estava voltada para traduzir o sentimento e aportar tendências a partir dos modos da geração deste milênio, denominada por eles como Millennials, que é contemporânea aos avanços da internet e das redes sociais. Esses jovens de varias idades nasceram e cresceram junto com ela, a tem não como uma mídia e sim como um modo de pensar e agir.   

 

Para os Millennials, não há diferença entre o real e o virtual, a internet é uma entre outras faces que compõem uma realidade multifacetada. Como expressa de maneira emblemática o depoimento de um millennial entrevistado: “O google maps não é internet, é um mapa”.

 

O desenvolvimento destes jovens  acompanha também a evolução do comportamento da internet, que pode ser dividido entre três momentos: 1) Read (Ler, receber) 2) White (escrever, produzir) e 3) Act (agir, fazer). Ou seja, a internet passou de um primeiro momento de recepção de informações a um segundo de produção dos usuários e no momento se desdobra para contribuir e influenciar os indivíduos na tomada de ações.

 

Ao percebermos o desenvolvimento da internet, vislumbramos as mudanças significativas que estão para acontecer dentro dos próximos anos, nesse sentido, a proposta apresentada pela Box 1824 é inspiradora, para que nós possamos criar, pensar a agir segundo uma nova e sempre desafiadora realidade que apresenta o futuro no instante seguinte.

 

Jonas Fernandes

Pesquisa IBModa

“Qual é o gesto que coloca seu amor em movimento?”

27/08/2010

“Qual é o gesto que coloca seu amor em movimento?” É a pergunta da nova campanha da Natura para o lançamento da linha Amo. Os comerciais têm ritmo cinematográfico, com uma narração envolvente que atrai nossos sentimentos e nos aproxima da marca. A produção ficou a cargo do cineasta Andrucha Waddington, que entre outras produções, foi diretor do filme Eu, tu, Eles, lançado em 2000.

 

A Natura demonstra importância de um conceito bem estruturado para a realização de uma campanha com qualidade. Ao trabalhar com as noções de amor e movimento, a mensagem transmitida pela campanha demonstra as várias formas que casais reais têm expressar os seus afetos, ou seja, a cumplicidade do casal. O objetivo da campanha é criar essa cumplicidade entre cliente e marca. Ela se aproximada do consumidor para ser cúmplice na expressão de seus sentimentos.

 

Não se trata apenas de uma campanha para fins publicitários. É uma proposta de sentido, nas formas de estabelecermos nossas relações inter-pessoais, onde também se incluem as relações entre marca e consumidor. A natura proporciona um lifesytle, voltado para uma ecologia sentimental, para o cultivo das relações humanas reais e cotidianas.

 

Confira a campanha!

 

 

Jonas Fernandes

Pesquisa IBModa

 

 

 

 

 

Carmim incrementa comunicação com as mídias sociais e ainda alavanca sua presença com a online store

09/07/2010

A Carmim sempre teve um posicionamento diferenciado frente ao mercado. Além de ocupar um dos primeiros lugares no ranking de presença em lojas multimarcas, desenvolve estratégias de distribuição inusitada, como o fashion truck, e as Casas Carmim, uma delas na sofisticada Av. Brasil, em São Paulo. Vem incrementando sua presença nas mídias sociais, e principalmente apostando na online store. Lançada no final do ano passado, já é sucesso entre clientes da marca de todo o país. Em entrevista exclusiva para os programas online do IBModa, Reynaldo Pasqua, Diretor da Online Store Carmim, conta mais as estratégias dessa nova empreitada da marca. Confira alguns momentos dessa entrevista e deixe aqui a sua opinião!